quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Videorreportagem: "Jornalismo, uma profissão que se reinventa"

Depois de muita correria entre dezembro e janeiro, finalizando projetos iniciados no final do ano passado, 2011 começou com uma nova turma do curso livre de videorreportagem, no Senac de S. Paulo, onde leciono desde 2007 como professor colaborador.

Na turma, 9 alunos no total. A foto foi registrada na noite em que rolou a participação de Antenor Thomé (de óculos), do blog Mural do Antena e do núcleo de WebRepórteres da RedeTV!.

Agora estamos na última das três semanas de atividades. Mas, logo no primeiro dia, aproveitei para registrar a palestra "Jornalismo: uma profissão que se reinventa".

Levado-se em conta o tema, tem tudo a ver com videojornalismo!


O evento, que aconteceu por conta do lançamento dos cursos de pós-graduação, contou com a participação dos jornalistas Heródoto Barbeiro (âncora da TV Cultura e gerente de Jornalismo da rádio CBN) e Vicente Tardin (editor-chefe do site Webinsder).

Entre os principais assuntos comentados, o espírito empreendedor do profissional da notícia e como ele pode tirar proveito das novas tecnologias. Sem esquecer-se, é claro, dos alicerces éticos e sociais do Jornalismo.

Veja a videorreportagem:



6 comentários:

Paulo França disse...

Reinventar o jornalismo é hoje o desafio e o paradigma a ser quebrado. Quando encontramos mais 150 colegas da TV Cultura demitidos há duas semanas, percebemos que o jornalismo tradicional já não se sustenta. Parabéns ao professor e a todos os participantes, que carregam um desafio permanente. Abraço ao amigo. Paulo França

R.M. Médico Animósico disse...

Reinventar o Jornalismo é quebrar o Dogma das Grandes redações. É destruir o conceito do que é notícia para deixar nascer o conceito do que É VERDADE. O Jornalismo deve ter compromisso total com a verdade e jamais ser imparcial, Isso é MENTIRA E DOGMA UNIVERSITARIO PRA ENGANAR GAROTOS. O Bom jornalista É UM DETETIVE, jamais é neutro e está com a verdade. Por isso é um erro explorar as imperfeiçoes da sociedade e da raça hhumana como noticias.

A Grande Imprensa Sempre foi um Teatro que teve a responsabilidade de Articular a Manipulação das Massas Através de Medo, Culpa e Outras Faixas Vibratórias atraves de seus modelos editoriais com as Quais o ser humano pode ser manipulado. A Unica Esperança PAra a Liberdade da Raça Humana é Imprensa Independente e não apenas imprensa Livre, o que permite que calhordas e apostadores criem instituições midiaticas como o PIG.

Defendam o direito a internet livre até ofim. Eua e europa ja estudam criar um "botão" que desligue a internet em caso de "emergencias".

A Verdade sobre o que passa no mundo nao chega no brasil por que a rede globo e seus clones, nao deixam. Talvez se os videos reporteres abrirem mão de tentarem implacar seus trabalhos em grandes redes abertas, a coisa ande mais! Minha opinião é que videosreporteres deveriam através da imprensa independente buscarem veicular a Verdadeira historia sobre a raça humana e o planeta terra para que a humanidade seja mais beneficiada do que é pela merda de imprensa, novelas e linguagem social que ai esta.
Busquem conhecer o trabalho do jornalismo independente da islandia e da australia e entenderão o que acontece no mundo fora dos cercados e das linguagens da tv brasileira.

Sorte e parabens
Namastê
R

Paulo Castilho - Videojornalista Brasileiro disse...

Paulo França, fiquei muito feliz de ver seu comentário publicado! Obrigado pela atenção. De fato, a imprensa tradiocional, não só aqui mas no mundo todo, precisa rever caminhos novos e auto-sustentáveis! Aí, o videojornalismo com as ferramentas digitais pode ser um caminho para descobrirmos! Obrigado pelo incentivo!!! Abs.
PC

Paulo Castilho - Videojornalista Brasileiro disse...

Ruy, também fiquei muito feliz pela sua participação com comentário sobre o post.

Hoje, com as novas ferramentas digitais, podemos sair um pouco deste cenário de sermos reféns dos chamados grandes veículos para postarmos aquilo que vemos e sentimos do mundo de forma mais democrática e independente.

É um pouco disso que tento passar para essas novas gerações, tentando cumprir com uma vocação que descobri na tentativa de ajudar a formar de forma diferente essas cabeças que em pouco tempo estarão no comando das redações ou de seus blogs independentes.

Este é o início de um caminho possível, melhor para que os jornalistas cumpram a missão social que verdadeiramente traz sentida a essa nobre profissão e seus valores éticos e sociais.

Obrigado e volte sempre!

Abs
PC

Ana Magal disse...

Pena que não pude estar nesse curso. Espero de coração, que vc venha ministrar um aqui no RJ, prometo (juroooo) que não vou perder.

Morrendo de saudade de vc querido. O curso deve ter sido show!!!! Assim como tudo que vc faz!

Beijocas mil Paulinho
Ana Magal

Paulo Castilho - Videojornalista Brasileiro disse...

Ana, obrigado pelos seus comentarios e elogiosos!!!

Gosto muito de ensinar a videorreportagem para as novas gerações. Espero com certeza este ano expandir isso em minha vida profissional!

Será um enorme prazer estar no Rio e ter você como aluna!

Beijão!
PC

Continue navegando por aqui! Assuntos de interesse: